Ir para o conteúdo.

MANUAL SIAFI WEB

 













Acções do Documento
    Geração de PDF
  • create PDF file

021000 - MÓDULO DE TREINAMENTO

por cargaúltima modificação 2016-11-22 15:27   

1 - REFERÊNCIAS

 

1.1 - RESPONSABILIDADE - Coordenação-Geral de Sistemas e Tecnologia de Informação e Coordenação-Geral de Contabilidade.

 

1.2 - COMPETÊNCIA - Portaria/STN N. 833, de 16 de dezembro de 2011, que revogou a  IN/STN Nº 05, de 06 de novembro de 1996.

 

2 - APRESENTAÇÃO

 

2.1 - Ambiente de treinamento específico, para ser utilizado por instituições de ensino contábil dos 2º e 3º graus do País, de pós-graduação e por Órgãos/Entidades ligadas ao SIAFI, e ainda àqueles que forem integrar-se ao Sistema, constituindo-se em projeto pedagógico de vanguarda no Brasil, onde se estabelece uma nova relação entre aluno, conhecimento e escola, com reflexos positivos sobre a aprendizagem.

 

2.2 - O processo de ensino é realizado mediante o acesso direto a esse ambiente de treinamento, que executa as mesmas funções do ambiente de produção do SIAFI, possibilitando a operacionalização individual das transações e permitindo o conhecimento e o domínio, por parte dos treinandos, de todas as etapas da execução orçamentária, financeira e contábil da Administração Pública Federal.

 

2.3 - A conexão ao ambiente possibilita, também, a interação com outros sistemas de igual interesse educacional, disponíveis na Rede SERPRO.

 

2.4 - A utilização do ambiente, para instuções de ensino, é formalizada por meio da celebração de Termo de Cooperação Técnica que envolve a própria instituição de ensino, a STN e o CRC da à região sede da institução interessada, observados os direitos e deveres de cada um estabelecidos no referido Termo.

 

3 - CARACTERÍSTICAS OPERACIONAIS

 

3.1 - O ambiente de treinamento possui a mesma árvore de transações do ambiente de produção e a mesma versão de programas, garantindo atualização simultânea nos dois ambientes.

 

3.2 - É permitido o acesso aos manuais cadastrados na produção, através do ambiente de treinamento, por meio da transação >CONMANMF.

 

3.3 - Os "help" de campo e transação são atualizados no mesmo instante do ambiente de produção.

 

3.4 - O ambiente pode ser utilizado até às 23:00 h diariamente e aos sábados até às 20:30 h.

 

3.5 - O gerenciamento de acesso e segurança das rotinas foram definidas para que não haja NENHUMA possibilidade de acesso indevido ao ambiente de produção através do ambiente de treinamento, inexistindo as transações IMPNE e IMPOB na árvore do ambiente de treinamento, para evitar a impressão indevida dos documentos NE e OB, respectivamente.

 

3.6 - A exclusão dos dados trabalhados durante o curso é de responsabilidade de cada instituição de ensino.

 

3.7 - Para permitir o acesso de forma individualizada, cada instituição de ensino é reconhecida por uma estrutura específica, com códigos próprios de UO, gestão e UG.

 

3.8 - Cada instituição de ensino indica um Cadastrador Parcial, atribuído pela DIOPE/STN, a quem cabe habilitar os alunos no ambiente de treinamento. No âmbito da Administração Pública Federal, os Cadastradores Parciais do ambiente de treinamento são os mesmos existentes na produção.

 

3.9 - Cada aluno representa UG própria, de maneira a assegurar a particularização dos seus registros. Para os Órgãos/Entidades da Administração Pública Federal, cada Cadastrador Parcial define a melhor forma de cadastrar os treinandos.

 

3.10 - Cada usuário tem acesso apenas à área do Sistema em que estiver habilitado; porém, todos terão as UG 170999 e 170500 como UG secundárias, para garantir maior flexibilidade na utilização do ambiente.

 

 

4 - UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE

 

4.1 - Para que uma instituição de ensino ou Órgão/Entidade possa utilizar os recursos do ambiente de treinamento, torna-se necessário a autorização prévia da STN. No caso específico das instituições de ensino, a utilização somente será autorizada se atendidos os requisitos técnicos, operacionais e legais previstos no Termo de Cooperação Técnica.

 

4.2 - Os Órgãos/Entidades que forem integrar-se ao SIAFI poderão utilizar, nas etapas de treinamento introdutório, orientação contida em roteiros específicos, organizados de forma a permitir a impressão e distribuição aos interessados, conforme roteiro específicos disponíveis em 02.10.01 e 02.10.02, para utilização da Conta Única ou da totalidade do Sistema, respectivamente.

 

 

5 - ASSUNTOS RELACIONADOS

------------------------------------------------------------------------------

Documento GERENCIAMENTO DE ACESSO E SEGURANÇA DO SISTEMA;

Macrofunção CONFORMIDADE DIÁRIA;

Macrofunção CONFORMIDADE CONTÁBIL;

Macrofunção CONFORMIDADE DE OPERADORES;

Transação ATUALIZA DOCUMENTO HABIL CPR - ATUCPR;

 

6 - NOMES DAS COORDENAÇÕES RESPONSÁVEIS

 

COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

E COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTABILIDADE.

021001 - ROTEIRO PARA INTEGRAÇÃO À CONTA ÚNICA por carga — última modificação 2018-11-09 18:10
 
021002 - ROTEIRO PARA INTEGRAÇÃO PLENA AO SIAFI por carga — última modificação 2009-01-30 10:22
 
021003 - MANUAL DE ANÁLISE DOS DEMONSTRATIVOS E AUDITORES CONTÁBEIS por carga — última modificação 2017-04-06 12:01
 
021004 - MANUAL DE OPERACIONALIZAÇÃO DA TRANSAÇÃO CAIXA CONTA ÚNICA por carga — última modificação 2009-01-06 11:32
 
021005 - MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE RECURSOS EXTERNOS por carga — última modificação 2009-01-15 14:54
 
021006 - MANUAL DE REGULARIZAÇÕES CONTÁBEIS por 61985767104 — última modificação 2016-11-29 14:57
 

 


Manual Siafi
Última modificação: 2016-11-22 15:27
Data do documento: 2008-09-10 12:08