Ir para o conteúdo.

MANUAL SIAFI WEB

 













CAPÍTULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI
SEÇÃO 021000 - MÓDULO DE TREINAMENTO
ASSUNTO 021001 - ROTEIRO PARA INTEGRAÇÃO À CONTA ÚNICA

Acções do Documento
    Geração de PDF
  • create PDF file

021001 - ROTEIRO PARA INTEGRAÇÃO À CONTA ÚNICA

por cargaúltima modificação 2018-11-09 18:10    Versões 

SUMÁRIO
 
1 - INTRODUÇÃO
 
2 - O SIAFI
 
2.1 - Apresentação do sistema
 
2.2 - Característica principal
 
2.3 - Vantagens
 
2.4 - Representação gráfica da integração sistêmica
 
2.5 - Conceituações básicas do SIAFI
 
2.5.1 - Unidade Gestora (UG)
 
2.5.2 - Gestão
 
2.5.3 - Transação
 
2.5.4 - Evento
 
2.6 - Conta Única do Tesouro Nacional
 
2.6.1 - Conceito
 
2.6.2 - Características
 
3 - PROCEDIMENTOS PARA OPERACIONALIZAÇÃO
 
3.1 - Na Área Financeira
 
3.2 - Na Área de Faturamento/Arrecadação
 
3.3 - Na Área Contábil
 
4 - OPERACIONALIZAÇÃO DO SISTEMA
 
4.1 - Acesso ao Sistema
 
4.2 - Instruções de preenchimento dos documentos utilizados nesta operacionalização
 
5 - DOCUMENTOS IMPRESSOS
 
6 - CONSULTAS
 
7 - CANCELAMENTO DE DOCUMENTOS
 
1 - INTRODUÇÃO
 
1.1 - Este Manual condensa, de forma didática e objetiva, os principais conceitos, funções e rotinas a serem utilizados pela Empresa a partir de sua incorporação à Conta Única do Tesouro Nacional, que é movimentada por processamento eletrônico de dados, através do SIAFI.
 
1.2 - O conteúdo ora apresentado tem por finalidade não só compor um instrumento de apoio à aprendizagem através do treinamento, como também propiciar uma fonte permanente de consultas.
 
1.3 - As definições e conceituações constantes deste manual extraem das operações existentes no SIAFI apenas as situações específicas para a Empresa, na condição de usuário da Conta Única.
 
1.4 - Os exemplos utilizados referem-se às hipóteses de transferências de recursos da Conta Única para a Conta Movimento da empresa ou vice-versa e recolhimento de tributos federais e contribuições previdenciárias por meio de DARF e GPS eletrônicos.
 
1.5 - Este Manual tem os direitos autorais reservados à Secretaria do Tesouro Nacional STN junto à Biblioteca Nacional, sob nº 102465, livro 148, fls. 059 É autorizada a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte.
 
2 - O SIAFI
 
2.1 - Apresentação do Sistema
 
2.1.1 - O SIAFI é o sistema de teleinformática que processa a execução orçamentária, financeira e contábil dos Órgãos e Entidades da Administração Federal.
 
2.1.2 - Esse Sistema, com a utilização de técnicas eletrônicas de tratamento de dados, cuja ampliação dá-se de forma gradual e progressiva, busca a realização da execução orçamentária, financeira e contábil, de forma integrada, objetivando minimizar custos, a par da eficiência e eficácia na gestão dos recursos alocados no OGU.
 
2.2 - Característica principal
 
2.2.1 - Trata-se de Sistema de acompanhamento das atividades relacionadas com a Administração Financeira dos recursos da União, o qual centraliza e uniformiza o processamento da execução orçamentária, recorrendo a técnicas de elaboração eletrônica de dados, com o envolvimento das unidades centrais e setoriais do Sistema, bem como a participação dinâmica das UG e Entidades Supervisionadas, sob a supervisão técnica da STN e sem prejuízo da subordinação hierárquica ministerial.
 
2.2.2 - O resultado dessa integração abrange essencialmente a programação financeira, execução contábil e a administração orçamentária. É importante ressaltar, que esses resultados são obtidos sem que a gestão seja prejudicada. A centralização do processamento não introduz qualquer rigidez ou restrição à realização das despesas pelos gestores.
 
2.3 - Vantagens
 
2.3.1 - A integração da empresa à Conta Única do Governo Federal busca maximizar a integração operacional, minimizando as dificuldades de comunicação, através de:
 
2.3.1.1 - redução de custos (transportes, tarifas, pessoal, etc);
 
2.3.1.2 - otimização de processos;
 
2.3.1.3 - identificação rápida das faturas pagas;
 
2.3.1.4 - consulta a documentos no próprio extrato (razão da Conta Única);
 
2.3.1.5 - menor tempo de digitação (cópia), evitando a ocorrência de erros;
 
2.3.1.6 - transações on-line (banco eletrônico);
 
2.3.1.7 - emissão de DARF eletrônico e GPS eletrônica.
 
2.4 - Representação gráfica da integração sistêmica
 
2.4.1 - Os diagramas de fluxo de pagamentos para empresa integrante ou não da
Conta Única, são representados da seguinte forma:
 
2.4.1.1 - EMPRESA NÃO INTEGRANTE DA CONTA ÚNICA DO GOVERNO FEDERAL - evidencia
a distância sistêmica entre o Governo Federal.
2.4.1.2 - EMPRESA INTEGRANTE DA CONTA ÚNICA DO GOVERNO FEDERAL - evidencia a integração sistêmica entre o Governo Federal, Banco e a Empresa.
 
2.5 - Conceituações básicas do SIAFI
 
2.5.1 - Unidade Gestora (UG)
 
2.5.1.1 - É a Unidade Administrativa investida no poder de gerir recursos orçamentários e financeiros, próprios ou sob descentralização. Cada UG tem um código formado por 6 (seis) dígitos que identifica a Unidade no Sistema. A UG correspondente à Empresa, está cadastrada em tabela própria disponível para consulta mediante utilização da transação CONUG.
 
2.5.2 - Gestão
 
2.5.2.1 - Denomina-se "Gestão" o ato de gerir a parcela do patrimônio de uma UG, Entidade Supervisionada, Órgão ou Fundo que, tendo ou não personalidade jurídica própria, requeira demonstrações, acompanhamentos e controles distintos.
 
2.5.2.2 - A relação das Gestões existentes está disponível para consulta mediante utilização da transação CONGESTAO.
 
2.5.3 - Transação
 
2.5.3.1 - É o conjunto de procedimentos inter-relacionados que permite a interação do operador de terminal (em vídeo) a equipamentos de computação, com a geração de telas que servem para entrada, atualização ou consulta de dados.
 
2.5.4 - Evento
 
2.5.4.1 - Denomina-se "Evento" qualquer ato ou fato que deva ter tratamento pelo SIAFI.
 
2.5.4.2 - O Sistema baseia-se integralmente na identificação do evento sob registro para efetuar o processamento correspondente, incluindo os registros contábeis.
 
2.5.4.3 - É fundamental a correta informação do evento, pois dela depende, em última instância, a correção dos dados registrados e das informações geradas pelo SIAFI.
 
2.6 - Conta Única do Tesouro Nacional
 
2.6.1 - Conceito
 
2.6.1.1 - Representa a conta mantida junto ao BACEN e operacionalizada pelo BB ou bancos alternativos, devidamente credenciados pela STN, destinada a acolher, em conformidade com o artigo 164 da Constituição Federal, as disponibilidades financeiras da União.
 
2.6.1.2 - É o mecanismo que permite a movimentação, por meio eletrônico, de recursos financeiros dos Órgãos e Entidades ligadas ao SIAFI, através de suas UG, sob forma “on-line” em conta unificada, com a preservação da individualização e autonomia na gestão dos mesmos.
 
2.6.2 - Características
 
2.6.2.1 - Os ingressos na Conta Única ocorrem através de transferências de limite de saque da Conta Única de outra UG.
 
2.6.2.2 - Limite de saque é a disponibilidade financeira da UG "on-line" existente na Conta Única, para a realização de recolhimentos de tributos e contribuições previdenciárias registrado na conta contábil 112160400 – Limite de Saque c/Vinculação de Pagamento
 
2.6.2.3 - Não há cancelamento de transferência de limite de saque entre UG integrantes da Conta Única. Havendo necessidade de retornar os recursos à UG de origem, a UG favorecida procede à devolução através do SIAFI.
 
2.6.2.4 - as contas bancárias já existentes, indicadas para receber os recursos da Conta Única, deverão ser cadastradas no SIAFI por meio da transação ATUDOMBAN, pela própria Empresa.
 
2.6.2.5 - os códigos dos domicílios bancários podem ser consultados por meio da transação CONDOMBAN.
 
3 - PROCEDIMENTOS PARA OPERACIONALIZAÇÃO
 
3.1 - Na Área Financeira
 
3.1.1 - consultar diariamente o saldo das seguintes contas:
 
3.1.1.1 - 112161800 – Limite de Saque de Entidades Vinculadas a Termo de Cooperação Técnica - através da transação CONRAZÃO para verificar o total de recebimentos e proceder a transferência para a conta movimento da empresa;
 
3.1.1.2 – 112160400 – Limite de Saque com Vinculação de Pagamento – através da transação CONRAZÃO para verificar o total de recursos disponíveis pela empresa para efetivar recolhimentos de tributos federais e contribuições previdenciárias.
 
3.1.2 - emitir ordem bancária, por meio da transação OB, com o evento 56.0.608,pelo valor a ser transferido para a Conta Movimento da Empresa. Nesse momento ocorrerá o saque da conta 112161800.
 
3.1.3 - comandar impressão em formulário de 132 posições, com uma via, das Ordens Bancárias emitidas no dia, utilizando a transação IMPRELOB (ver descrição no item 5.1), dando a seguinte destinação:
 
3.1.3.1 - Relação de Ordens Bancárias INTRA-SIAFI - RT: reter as vias na empresa para efeito de controle, não devendo ser encaminhadas ao banco (essa relação contém os dados de transferência da Conta Única do Tesouro Nacional para a Conta Movimento da Empresa ou vice-versa). Utilizada apenas internamente na empresa.
 
3.1.4 - emitir OB da Conta Movimento da empresa existente no Banco do Brasil para a Conta Única com os eventos 55.0.517, 55.0.505 e 80.0.882, para recolhimento dos tributos federais. Nesse momento ocorrerá o ingresso na conta 1.1.2.1.6.04.00 para permitir a efetivação dos respectivos recolhimentos.
 
3.1.4.1 - por ocasião da primeira transferência da Conta Movimento para a Conta Única, a Unidade deverá verificar se o seu domicílio bancário está cadastrado corretamente junto ao Banco do Brasil, a fim de que a OB não seja rejeitada pelo Sistema do Banco. Sugerimos, nesse caso, que essa primeira OB seja emitida um dia antes do vencimento do DARF, para que, na hipótese de não ocorrer a confirmação do ingresso na CTU no dia seguinte ao da emissão, haja tempo suficiente para que o recolhimento dos tributos seja feito normalmente por intermédio da Rede Bancária.
 
3.1.5 - emitir na data do vencimento, ou até dois dias úteis após, o DARF eletrônico, através da transação DARF, pelo valor a ser recolhido ao Tesouro Nacional, a título de tributos e contribuições federais.
 
3.1.5.1 - A emissão do DARF pode ser feita por meio do PREDARF originado quando da emissão da OB de transferência de recurso da conta movimento para a Conta Única da empresa;
 
3.1.5.2 - Quando da emissão de DARF até dois dias úteis após o vencimento, a data de emissão a ser informada deve ser a do respectivo vencimento, e não a data do dia em que esteja ocorrendo o recolhimento.
 
3.1.6 - emitir GPS Eletrônica para recolhimento de obrigações previdenciárias. Para a emissão do referido documento a empresa deverá adotar os seguintes procedimentos:
 
3.1.6.1 - emitir OB da Conta Movimento da empresa existente no Banco do Brasil para a Conta Única, um dia antes do vencimento da obrigação, com os eventos 55.0.517, 55.0.505, 52.0.205 para efetivar o recolhimento das obrigações previdenciárias;
 
3.1.6.2 – efetivar o recolhimento da obrigação previdenciária, no dia do vencimento, por meio da transação GPS.
 
3.1.7 – Procedimentos para transferência de recursos de uma UG para outra, pertencente ao mesmo órgão
 
3.1.7.1 – A transferência de recursos de uma UG para outra, pertencente ao mesmo órgão deverá ocorrer por meio da rede bancária, observando o seguinte:
 
a) A UG transferidora do recurso deverá:
 
- efetivar a transferência do mesmo para sua própria conta movimento, por meio de OB, utilizando o evento 56.0.608;
- proceder a transferência da sua conta movimento para a conta movimento da UG recebedora, por meio de DOC – Documento de Crédito pela Rede Bancária.
 
b) A UG transferidora do recurso deverá:
 
- transferir o recurso da conta movimento para a conta única, por meio de OB, utilizando os eventos 55.0.517, 55.0.505, 80.0.882 (para recolhimento de tributos federais) e/ou 52.0.205 (para recolhimento de contribuições previdenciárias);
- emitir os documentos DARF e GPS para recolhimento das obrigações.
 
3.1.8 - PRAZOS DE DISPONIBILIDADE FINANCEIRA PARA FAVORECIDOS DA OB.
 
3.2 - Na Área de Faturamento/Arrecadação
 
3.2.1 - consultar diariamente através da transação CONRAZAO os pagamentos efetuados através da Conta - 112161800, Limite de Saque de Entidades vinculadas a Termo de Cooperação Técnica;
 
3.2.2 - detalhar as OB, NL e NS utilizando a régua de PF existente na tela , para verificar o devedor, bem como o número da fatura/conta que está sendo liquidada, para efeito de baixa o sistema interno específico. Se o campo apropriado na OB/NL não for suficiente para acolher os números, será indicado naquele campo o número do "COMUNICA" que informa a relação das faturas/contas correspondentes ao pagamento. Essas informações podem ser obtidas também por intermédio das transações CONOB, CONNL e CONNS;
 
3.2.3 - anotar o número da OB/NL nas faturas/contas recebidas, para fins de comprovação do pagamento pelo cliente, cuja quitação será representada pela própria OB ou NL
 
3.3 - Na Área Contábil
 
3.3.1 - incluir no Plano de Contas próprio da Empresa, no subgrupo Disponível, rubrica referente à Conta 112160400 – Limite de saque com vinculação de pagamento e 112161800 – Limite de Saque de Entidades vinculadas a Termo de Cooperação Técnica;
 
3.3.2 - registrar, no sistema contábil da empresa, as entradas e saídas constantes do razão das citadas contas, cujos documentos comprobatórios serão extraídos do SIAFI.
 
4 - OPERACIONALIZAÇÃO DO SISTEMA
 
4.1 - Acesso ao Sistema
 
4.1.1 - Os usuários devem estar devidamente habilitados para esse fim O cadastramento e a habilitação de operadores são atribuições da STN e das Unidades Setoriais de Contabilidade.
 
4.1.2 - Até o último dia útil de cada mês, deverá ser registrada a Conformidade de Operadores por usuários da Empresa, devidamente cadastrados para este fim, utilizando a transação REGCONFOP. Este cadastramento é efetuado pelas Unidades Setoriais de Contabilidade.
 
4.1.3 - Ao ligar o terminal, inicia-se o preenchimento na tela de entrada do SIAFI com a informação do código (que é o número do CPF digitado sem a utilização do hífen), da senha do usuário e acionando-se a tecla ENTER.
 
4.1.4 - Confirmada a habilitação, a tela inicial retorna acrescida do campo SISTEMA, devendo no caso, ser informado SIAFI acompanhado do ano que se deseja operar, no caso, SIAFIXX, conforme segue:
 
4.1.5 - Em caso de alteração de senha, após o preenchimento do campo SENHA o cursor deve ser posicionado no campo NOVA SENHA para o devido preenchimento. Em seguida, deve ser acionada a tecla <ENTER>. O Sistema solicita um novo preenchimento do campo NOVA SENHA para confirmação que, após repetida o usuário deverá acionar a tecla <ENTER> novamente, conforme segue:
 
4.1.6 - Confirmada a habilitação, a tela inicial retorna acrescida do campo SISTEMA, no caso, SIAFIXX.
 
4.1.7 - A primeira tela a aparecer contém as mensagens transmitidas para a Unidade que está acessando o Sistema, cujo recebimento ainda não foi confirmado. Devem ser marcadas com "X" as mensagens para leitura e acionada a tecla ENTER, da seguinte forma:
 
 
 
 
_ SIAFIXX_____________________________________________________________________
        USUARIO : XXXXXXXXXXXXXXX
 
 
 
MENSAGEM(NS) EXISTENTE(S):
 
(X) INTEGRACAO DA EMPRESA A CONTA UNICA
(X) MOVIMENTACAO FINANCEIRA EM XX/XX/XX
 
 
ASSINALE COM 'X' AS MENSAGENS A SEREM CONSULTADAS OU 'ENTER' PARA CONTINUAR
4.1.8 - Apresentada a mensagem para leitura, o Sistema solicita a confirmação do recebimento que, uma vez efetuado, acarreta em sua exclusão, conforme a seguir:
 
_ SIAFIXX_____________________________________________________________________
        USUARIO : XXXXXXXXXXXXXXX
 
EMISSORA: XXXXXXXX
ASSUNTO: INTEGRACAO DA EMPRESA A CONTA UNICA
NUM.MENSAGEM:NNNNNNTEXTO :
 
 SR. DELEGADO,
 
 XXXXXX
 XXXXXXXX
   XXXXXXXX
     XXXXXXXXXXXXXXX
       XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
 
 
 
CONFIRMA O RECEBIMENTO DA MENSAGEM (C/N)?:
TECLE <ENTER> PARA PROXIMA MENSAGEM OU PA1 PARA SAIR
 
4.1.9 - Quanto às mensagens, duas observações merecem ser destacadas:
 
4.1.9.1 - permanecem disponíveis no Sistema por cinco dias corridos; e
 
4.1.9.2 - ultrapassada a tela inicial, poderão ser consultadas a qualquer momento, bastando para isso que seja informado na linha de comandos:. MENSAGEM - para verificar as mensagens recebidas ou. >CONMSG - para verificar as mensagens expedidas.
 
4.1.10 - Após as mensagens, o SIAFI apresenta os Subsistemas que o compõe. O SIAFI é dividido em Subsistemas, Módulos e Transações. Entende-se por Módulo o conjunto de transações afins, sendo as transações, no sentido prático, representadas por rotinas acessadas pelos usuários, de acordo com a atividade a ser executada (ver definição de Transação no item 2.5.3).
 
4.1.10.1 - Para acessar uma transação, deve-se digitar na Linha de Comando o sinal “>” (maior que), seguido do nome da transação desejada. Para sair de uma transação deve ser teclado PF3.
 
4.1.10.2 - Encerradas as atividades, deve ser digitado “fim” na Linha de Comando para sair do Sistema.
 
4.2 - INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS UTILIZADOS NESTA OPERACIONALIZAÇÃO
 
4.2.1 - A entrada dos dados necessários à execução de transferências e recolhimentos realizados pela Empresa será por meio dos seguintes documentos: Ordem Bancária - OB, Documento de Arrecadação de Receitas Federais - DARF e Guia de Recolhimento da Previdência Social - GPS, detalhados da seguinte forma:
 
4.2.1.1 - Ordem Bancária - Transação OB
 
a) FINALIDADE - transferir saldo da Conta Única da empresa para a Conta Movimento da própria empresa.
 
MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
Obs.:01
- O favorecido deverá ser igual ao emitente (UG/GESTÃO da empresa).
- Domicílio bancário do favorecido deverá ser o banco/agência/conta-corrente da conta movimento da Empresa
 
 
b) FINALIDADE - transferência de recurso da Conta Movimento para a Conta
Única, referente ao recolhimento de Tributo Federal.
 
 
Obs.: 02
- Domicílio bancário do emitente deverá ser banco/agência/conta-corrente da conta movimento da empresa.
- O favorecido deverá ser igual ao emitente (UG/GESTÃO DA EMPRESA).
- Para o evento 55.0.505 informar,no campo inscrição 1/2,o código do banco agência e conta-corrente da conta movimento da empresa.
- Para o evento 80.0.882 informar, no campo inscricao1, o código do tributo que será recolhido.
 
c) FINALIDADE - transferência de recurso da Conta Movimento para a Conta Única, referente ao recolhimento de contribuições previdenciárias.
 
Obs.: 03
- O domicílio bancário do emitente deverá ser o banco/agência/conta-corrente da conta movimento da empresa.
- O favorecido deverá ser igual ao emitente (UG/GESTÃO DA EMPRESA).
- Para o evento 55.0.505 informar,no campo inscrição 1/2,o código do banco agência e conta-corrente da conta movimento da empresa.
 
 
(1) - DATA EMISSÃO                 - virá informada a data na qual se está
                                     preenchendo o documento;
                                   - campo alfanumérico de 7 posições, sendo:
                                     DD - dia;
                                     MMM - mês;
                                     AA - ano.
 
(2) - NÚMERO                       - informar o número seqüencial do documento
                                     a  ser emitido. Se o Órgão do usuário não
                                     optou pela numeração automática, informar
                                     obrigatoriamente qualquer número entre 1
                                     e 70000. Se o Órgão optou pela numeração
                                     automática,   informar   facultativamente
                                     qualquer número entre 40001 e 70000, ou
                                     deixar o campo em branco, o qual será
                                     numerado     automaticamente    após    a
                                     confirmação do documento;
                                   - campo numérico de 6 posições;
                                   - caso deseje copiar os dados de alguma OB
                                     existente, desde que seja de UG para quem
                                     se possa fazer OB, informar o seu número
                                     e teclar PF4 (COPIA).
 
(3) - UG/GESTÃO EMITENTE           - virá preenchido com o código da UG/Gestão
                                     que está preenchendo o documento;
                                   - campo numérico de 6 posições para UG e de
                                     5 para Gestão.
 
(4) - BCO                          - informar o código do Banco da conta na
                                     qual será registrada a saída dos recursos
                                     constantes no domicílio bancário da UG
                                     Emitente da OB;
                                   - campo   numérico   de   3   posições, de
                                     preenchimento obrigatório;
                                   - caso não tenha o  código, consultar as
                                     transações CONDOMBAN e CONBANCO.
 
(5) - AG                           - informar o código da Agência da conta na
                                     qual será registrada a saída dos recursos
                                     constantes no domicílio bancário da UG
                                     Emitente da OB;
                                   - campo   numérico   de   4   posições, de
                                     preenchimento obrigatório;
                                   - caso não tenha o código, consultar as
                                     transações CONDOMBAN e CONAGENCIA.
 
(6) - CONTA CORRENTE               - informar o número da Conta Corrente na
                                     qual será registrada a saída dos recursos
                                     constantes no domicílio bancário da UG
                                     Emitente da OB;
                                   - campo   numérico   de   10   posições, de
                                     preenchimento obrigatório;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONDOMBAN;
                                   - este campo pode também ser preenchido
                                     com   as   expressões “UNICA”, “PLANO”,
                                     “INST”, ou “CONTA”, nos casos em que as
                                     situações    de   conta-corrente   forem,
                                     respectivamente,   “CONTA ÚNICA”, “PLANO
                                     ALTERNATIVO”,    “CONTA INSTITUCIONAL” e
                                     “CONTA PRINCIPAL”.
 
(7) - FAVORECIDO                   - informar o código do favorecido da Ordem
                                     Bancária;
                                   - campo numérico de 14 posições para CNPJ,
                                     de 11 posições para CPF, de 6 posições
                                     para UG, e de 3 posições para BANCO. A IG
                                     é composta de 2 posições iniciais para o
                                     código de IG do tipo credora, e de mais 7
                                     caracteres alfanuméricos;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONCREDOR para os casos de CNPJ
                                     e  CPF, a transação CONUG para o caso de
                                     UG, a transação CONBANCO para o caso de
                                     BANCO, e a transação CONGENER para o caso
                                     de IG. Caso queira incluir um domicílio
                                     bancário para esse favorecido (CREDOR),
                                     e   esteja   habilitado   na    transação
                                     ATUDOMCRED, teclar PF5 (DOM CRED);
                                   - caso esta OB seja vinculada a uma Lista
                                     de Credores, informar o CNPJ do Banco no
                                     qual a UG emitente desta OB possui o
                                     domicílio bancário.
 
(8) - GESTÃO                       - informar o código da Gestão do favorecido
                                     quando este for UG Executora. Se este for
                                     UG credora, o preenchimento deste campo é
                                     facultativo;
                                   - campo numérico de 5 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONGESTAO.
 
(9) - BCO                          - informar o código do Banco da conta do
                                     favorecido na qual será registrado o
                                     ingresso dos recursos;
                                   - campo numérico de 3 posições.
                                   - caso não tenha o código, consultar as
                                     transações CONDOMBAN e CONBANCO.
                                   - caso esta OB seja vinculada a uma Lista
                                     de Credores, informar o código do Banco
                                     no qual a UG emitente desta OB possui
                                     o domicílio bancário.
 
(10) - AG                          - informar o código da Agência da conta do
                                     favorecido na qual será registrado o
                                     ingresso dos recursos;
                                   - campo numérico de 5 posições.
                                   - caso não tenha o código, consultar as
                                     transações CONDOMBAN e CONAGENCIA.
                                   - caso esta OB seja vinculada a uma Lista
                                     de Credores, informar o código da Agência
                                     na qual a UG emitente desta OB possui
                                     o domicílio bancário.
 
(11) - CONTA CORRENTE              - informar o número da Conta Corrente na
                                     qual será registrada o ingresso   dos
                                     recursos;
                                   - campo   numérico   de   10   posições, de
                                     preenchimento obrigatório;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONDOMBAN;
                                   - este campo pode também ser preenchido
                                     com   as   expressões “UNICA”, “PLANO”,
                                     “CONTA”, “BANCO” ou, “PAGAMENTO”, nos
                                     casos em que as situações de conta-
                                     corrente forem, respectivamente,   “CONTA
                                     ÚNICA”,   “PLANO   ALTERNATIVO”,   “CONTA
                                     PRINCIPAL”, “CONTA BANCO” e “PAGAMENTO”;
                                   - caso esta OB seja vinculada a uma Lista
                                     de   Credores,   informar   a   expressão
                                     “BANCO”.
 
(12) - DOC.ORIGEM                  - informar documento de referência da OB,  
                                     podendo ser: Documento Hábil, NL ou NS.
                                   - campo alfa-numérico de até 23 posições.
                                   
(13) - PROCESSO                    - informar o número do processo;
                                   - campo   numérico   de   20 posições, de
                                     preenchimento facultativo.
 
(14) - NÚMERO DA LISTA             - informar,   somente   para   OBB   (Ordem
                                     Bancária de Banco), a qual tenha   como
                                     FAVORECIDO o Banco do Brasil, o Número da
                                     Lista de Credores desta OB. Esta lista só
                                     deve   ser   informada   se   já estiver
                                     completa, pois após o registro da OB, ela
                                     não poderá ser mais alterada;
                                   - os usuários desta lista devem sempre
                                     consultá-la   nos   dias   seguintes   ao
                                     registro da OB, para saber se algum dos
                                     créditos     foi     cancelado.     Estes
                                     cancelamentos serão informados pelo Banco
                                     do Brasil no processo de conciliação
                                     realizado todos os dias com a STN, e o
                                     SIAFI registrará uma OB a cada conjunto
                                     de créditos cancelados de uma lista;
                                   - campo numérico de 5 posições;
                                   - caso não saiba este número, consultar a
                                     transação CONLC.
 
(15) - TAXA DE CÂMBIO              - informar taxa de câmbio utilizada para
                                     cálculo do valor a contabilizar. Deve ser
                                     informada somente se a UG trabalha com
                                     duas moedas diferentes;
                                   - campo numérico de 10 posições, sendo 6
                                     algarismos inteiros e 4 decimais. Caso
                                     haja número decimal, a vírgula deve ser
                                     informada;
                                   - caso não saiba a taxa, consultar as
                                     transações     CONTAXCONV,     CONTAXDIA,
                                     CONTAXMES ou CONVIGDIA.
 
(16) - INVERSÃO DE SALDO           - virá preenchido com N(NÃO), podendo ser
                                     alterado para S(SIM) no caso de haver
                                     permissão para inversão de saldo das
                                     contas contábeis envolvidas na emissão do
                                     documento;
                                   - campo alfabético de uma posição.
 
(17) - VALOR                      - informar o Valor líquido do documento,
                                     levando em consideração o valor e o sinal
                                     a débito e a crédito lançado por cada
                                     evento indicado na OB;
                                   - campo numérico de até 17 posições, sendo
                                     15 algarismos inteiros e 2 decimais. Caso
                                     haja número decimal, a vírgula deve ser
                                     informada.
 
(18) - ID: TRANSF.:                - informar o código identificador de
                                     transferência.
                                   - campo de até 25 posições, opcional.
(19) - OBSERVAÇÃO                  - informar o motivo pelo qual a OB está
                                     sendo emitida;
                                   - campo alfanumérico de até 234 posições.
 
(20) - EVENTO                      - informar o código do evento adequado para
                                     a liquidação/pagamento da despesa, ou
                                     transferências de recursos, através desta
                                     OB;
                                   - campo numérico de 6 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONEVENTO;
                                   - caso esta OB necessite de mais de 8
                                     eventos, teclar PF2 (CONTINUA) após o
                                     preenchimento do campo “OBSERVACAO”. Com
                                     isso, o número de linhas de evento será
                                     aumentado   para 12, ocultando o campo
                                     citado   acima. Para que este apareça
                                     novamente, teclar PF12 (RETORNA). Caso
                                     queira   apagar   códigos   de   eventos,
                                     juntamente com as respectivas inscrições
                                     e classificações, colocar o cursor no
                                     início da linha repectiva e teclar PF6 (
                                     LIMPA). Com isso serão apagadas todas as
                                     linhas de evento a partir desta.
 
(21) - INSCRIÇÃO 1                 - informar a inscrição 1 do documento,
                                     conforme   os   indicadores   do   evento
                                     utilizado;
                                   - campo alfanumérico de 14 posições;
                                   - caso o número de posições da inscrição 1
                                     seja maior que o respectivo campo, o
                                     usuário poderá continuar no campo da
                                     inscrição 2;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONEVENTO.
 
(22) - INSCRIÇÃO 2                 - informar a inscrição 2 do documento,
                                     conforme   os   indicadores   do   evento
                                     utilizado;
                                   - campo alfanumérico de 14 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONEVENTO.
 
(23) - CLASSIF.1                   - informar a classificação 1 do documento,
                                     conforme   os   indicadores   do   evento
                                     utilizado;
                                   - campo numérico de 9 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONEVENTO.
 
(24) - CLASSIF.2                   - informar a classificação 2 do documento,
                                     conforme   os   indicadores   do   evento
                                     utilizado;
                                   - campo numérico de 9 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONEVENTO.
 
(25) - VALOR                       - informar o valor a ser contabilizado por
                                     evento indicado;
                                   - campo numérico de até 17 posições, sendo
                                     15 inteiras e 2 decimais. O Sistema
                                     assume   as   2   últimas posições como
                                     decimais, não sendo necessário informar a
                                     vírgula.

d) FINALIDADE: inclusão de documentos hábeis que resultarão na geração de ordens bancárias do tipo 14 – OBC para Própria UG no Mesmo Banco/ Agência. Para esta finalidade deverá ser adotado o seguinte procedimento:

- Inclua o documento hábil TF no SIAFI-Web (Novo CPR;
- Acesse a transação INCDH;
- Na 1ª tela, informe apenas o documento hábil TF em “Tipo de Documento” e clique em Confirmar;
- Na 2ª tela, preencha os seguintes campos na aba  “Dados Básicos”, conforme indicado a seguir:
•Código da UG Pagadora
•Data de Emissão Contábil – já vem preenchido
•Data de Vencimento;
•Processo (facultativo);
•Valor do Documento;
•Código do Credor, que nesse caso será a própria UG;

- Após preenchimento dos dados acima, acione o botão “Incluir” na aba “Dados do Documento de Origem” e preencha os seguintes campos:
•Emitente – é preenchido automaticamente com o código do credor.
•Data de Emissão;
•Número Doc. Origem;
•Valor.
- Após o preenchimento, acione o botão “Confirmar”. Posteriormente, preencha o campo “Observação” e acione o botão “Confirmar Dados Básicos”.

- Na aba “Principal Sem Orçamento”, preencha a Situação PSO034
(Situação para TRANSFERÊNCIAS DE LIMITE VINCULACAO P/OUTRAS CONTAS) e acione o botão “Confirmar”.
- Na tela seguinte, preencha os seguintes campos:
•Fonte de Recursos: que deverá ser 0177000000
•Categoria de Gastos: C que indica Outras Despesas Correntes
•Valor.
- Após informar os dados acima, acione o botão “Confirmar”.

- Na aba “Dados de Pagamento”, acione o botão “Incluir” na Lista de Favorecidos e a lista mostrada já virá preenchida com a UG, basta incluir o valor e confirmar a operação.

- Acione o botão “Pré-Doc” e surgirá a janela de Ordens Bancárias. Preencha os seguintes campos:

•Domicílio Bancário do Favorecido: Banco, Agência, Conta Corrente;
•Domicílio Bancário do Pagador: Preencher única no Conta Corrente;
•Observação.

- Posteriormente, acione o botão “Confirmar”.

- Após o preenchimento dos campos do documento “TF”, acione o botão “Verificar Consistência” e posteriormente acione o botão “Registrar”.
- Acesse a transação “GERCOMP”, via botão, que aparecerá logo após o registro do documento hábil e efetue a realização do documento por meio da opção “R” (Realizar Totalmente) para realizar o compromisso utilizando a Vinculação 500.
- O usuário deve estar atento à necessidade de assinatura do documento tanto por parte do ordenador de despesas quanto do gestor financeiro, ação esta que, a partir do ano de 2019, processar-se-á via transação “GEROP” no Siafi-Web, e que em 2018 não se faz necessária.

e) FINALIDADE: inclusão de documentos hábeis que resultarão na geração de ordens bancárias do tipo 21 – OBC de Outras Contas para a Conta Única.

- Inclua um documento hábil “TF” no SIAFI-Web (Novo CPR);
- Acesse a transação INCDH;
- Na 1ª tela, informe apenas o documento hábil “TF” em Tipo de Documento e acione o botão “Confirmar”;
- Na 2ª tela, preencha os seguintes campos na aba “Dados Básicos”, conforme indicado a seguir:
•Código da UG Pagadora
•Data de Emissão Contábil – já vem preenchido
•Data de Vencimento;
•Processo (facultativo);
•Valor do Documento;
•Código do Credor, que nesse caso será a própria UG;

- Após preenchimento dos dados acima, acione o botão “Incluir” na aba “Dados do Documento de Origem” e preencha os seguintes campos:
•Emitente – é preenchido automaticamente com o código do credor.
•Data de Emissão;
•Número Doc. Origem;
•Valor.
- Após o preenchimento, acione o botão “Confirmar”. Posteriormente, preencha o campo “Observação” e acione o botão “Confirmar Dados Básicos”.

- Na aba “Principal Sem Orçamento”, preencha a Situação PSO035
(Situação para TRANSFERÊNCIAS OUTRAS CONTAS PARA A CTU) e acione o botão “Confirmar”.

- Na tela seguinte, preencha os seguintes campos:
• Fonte de Recursos: que deverá ser 0177000000
•Categoria de Gastos: C que indica Outras Despesas Correntes
•Valor.

- Após informar os dados acima, acione o botão “Confirmar”.

- Na aba “Dados de Pagamento”, acione o botão “Incluir”, na Lista de Favorecidos, e a lista surgida virá preenchida com a UG, bastando incluir o valor e confirmar a operação.

- Acione o botão “Pré-Doc”, por meio da qual surgirá a janela de Ordens Bancárias. Neste momento, preencha os seguintes campos:

•Domicílio Bancário do Favorecido: Banco, igual a 001, Agência, igual a sua agência de relacionamento e Conta, igual a ÚNICA;
•Domicílio Bancário do Pagador: Banco, Agência, Conta Corrente;
•Observação.

- Posteriormente, acione o botão “Confirmar”.

- Após o preenchimento dos campos do documento “TF”, acione o botão “Verificar Consistência” e, posteriormente, acione o botão “Registrar”.
- Acesse a transação “GERCOMP” via botão que aparecerá logo após o registro do documento hábil e efetue a realização do documento por meio da opção “R” (Realizar Totalmente), para realizar o compromisso utilizando a Vinculação 500.

- O usuário deverá estar atento para a necessidade de assinatura do documento tanto por parte do ordenador de despesas quanto do gestor financeiro, ação esta que, a partir do ano de 2019, processar-se-á via transação GEROP no Siafi Web, e que em 2018 não se faz necessária.
 
4.2.1.2 - PREDARF - PREDARF
 
a) – FINALIDADE - Permitir auxiliar o preparo do documento para emissão de DARF.
 
b) - MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
 
(1) UG EMITENTE                    - informar o código da UG Emitente do
                                     documento;
                                   - campo numérico de 6 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONUG.
 
(2) GESTÃO EMITENTE                - informar o código da Gestão Emitente do
                                     documento;
                                   - campo numérico de 5 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONGESTAO.
 
(3) NÚMERO DO DOCUMENTO            - informar   o   número    seqüencial    do
                                     documento, caso se tratar de Órgãos que
                                     não optaram pela numeração automática;
                                   - campo numérico de 6 posições.
 
(4) RECEITA                        - informar o código da Receita a   ser
                                     recolhida;
                                   - campo numérico de 4 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONCODREC.
 
(5) CNPJ/CPF RECOLHEDOR             - informar o CNPJ/CPF Recolhedor do valor
                                     retido na fonte resultante de serviços
                                     prestados   ou   por    outros    motivos
                                     regulamentados pela SRF;
                                   - campo numérico de 14 posições para CNPJ e
                                     11 posições para CPF.
 
(6) UG                             - informar o código da UG originária  do
                                     documento;
                                   - campo numérico de 6 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONUG.
 
(7) GESTÃO                         - informar o código da Gestão originária do
                                     documento;
                                   - campo numérico de 5 posições;
                                   - caso não tenha o código,  consultar a
                                     transação CONGESTAO.
 
(8) DOCUMENTO                      - informar o número do documento de origem;
                                   - campo numérico de 9 posições.
 
 
ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO
 
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + ENTER para listar todos os PREDARF’s da UG/Gestão a partir do primeiro encontrado;
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + PREDARF + ENTER para listar todos os PREDARF’s da UG/Gestão a partir do informado;
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + PREDARF + PF2 para inicializar a tela DARF a partir do PREDARF informado;
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + RECEITA + ENTER para listar todos os PREDARF’s da UG/Gestão que possuam a receita informada;
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + CNPJ/CPF RECOLHEDOR, para mostrar todos os PREDARF’s da UG/Gestão que possuam o CNPJ/CPF recolhedor informado;
 
- informar UG + GESTÃO + NÚMERO + ENTER para mostrar todos os PREDARF’s a partir do documento de origem informado.
 
Obs.: O PREDARF tem prazo de validade de 03 (três) dias úteis, excetuando-se a data a qual foi gerado. Após este prazo, permanecem relacionados até o fechamento do mês, quando serão excluídos.
 
Casos de eliminação do PREDARF:
 
- quando da geração do DARF;
- por ocasião do fechamento do mês; e
- quando do estorno da apropriação da despesa.
 
 
4.2.1.3 - Documento da Arrecadação de Receitas Federais - Transação DARF
 
a) FINALIDADE - permite registrar a arrecadação de receitas federais efetivadas pelos Órgãos e Entidades, por meio de transferências de recursos INTRA-SIAFI entre a UG recolhedora e a Conta Única do Tesouro Nacional
 
 
MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) - DATA EMISSÃO                 - virá informado com a Data de Emissão do
                                     documento;
                                   - campo alfanumérico   de 7 posições, no
                                     formato DDMMMAA, sendo:
                                     DD - Dia;
                                     MMM - Mês;
                                     AA - Ano.
 
(2) - VENCIMENTO                   - informar   a   data   de   Vencimento do
                                     documento, caso seja diferente da data de
                                     emissão deste (valor já informado);
                                   - campo   alfanumérico de 7 posições, no
                                     formato DDMMMAA, sendo:
                                     DD - Dia;
                                     MMM - Mês;
                                     AA - Ano.
 
(3) - NÚMERO                       - informar    o    Número   Seqüencial   do
                                     documento, caso se trate de Órgãos que
                                     não optaram pela numeração automática;
                                   - campo numérico de 5 posições.
(4) - UG/GESTÃO
      EMITENTE                     - virá preenchido com o código da UG/GESTÃO
                                     Emitente do documento;
                                   - campo numérico de 6 posições para UG e de
                                     5 posições para Gestão.
 
(5) - PREDARF                      - informar o número do PREDARF, e teclar
                                     PF4 caso deseje transpor os dados deste
                                     documento para o DARF;
                                   - campo numérico obrigatório de 5 posições.
 
(6) - RECOLHEDOR                   - informar o(a)CNPJ/CPF/UG Recolhedor(a) do
                                     valor retido na fonte, resultante de
                                     serviços prestados, ou por outros motivos
                                     regulamentados pela SRF;
                                   - campo numérico de 14 posições para o CNPJ
                                     11 posições para CPF e 6 posições para a
                                     UG.
 
(7) - RECURSO                      - informar o código do tipo de RECURSO
                                     arrecadado;
                                   - campo numérico de uma posição, sendo:
                                    
                                     0 - COM    TRANSFERÊNCIA    FINANCEIRA(se
                                         aplica nos casos em que o DARF seja
                                         recolhido com recursos disponíveis na
                                         CTU da UG emitente);
                                     1 - COM COTA DO ORÇAMENTO(se aplica nos
                                         casos em que o DARF seja recolhido
                                         sem    transferência    de   recursos
                                         financeiros, utilizando-se de cota do
                                         orçamento);
                                     2 - COM LIMITE DE RESTOS A   PAGAR(se
                                         aplica nos casos em que o DARF seja
                                         recolhido    sem   transferência   de
                                         recursos financeiros, utilizando-se
                                         de cota do orçamento do exercício
                                         anterior, desde que a Unidade Gestora
                                         tenha limite de Restos a Pagar);
                                     3 - COM VINCULAÇÃO DE PAGAMENTO(se aplica
                                         nos   casos   em   que o DARF seja
                                         recolhido   sem   transferência    de
                                         recursos financeiros, utilizando-se
                                         do    limite    de    Vinculação   de
                                         Pagamento);
                                     4 - COM LIMITE DA STN DE EMPENHO CONTRA
                                         ENTREGA(se aplica nos casos em que o
                                         DARF   esteja   vinculado a Empenho
                                         para    Pagamento   contra   Entrega,
                                         utilizando-se do limite da STN. Se
                                         houver recursos disponíveis na UG
                                         emitente,   utilizar   o   código de
                                         RECURSO “O”);
                                     5 - COM COMPENSAÇÃO DE RECEITA(se aplica
                                         às   UG   da Secretaria da Receita
                                         Federal que tenham como origem da
                                         retenção o documento NT - Nota de
                                         Compensação de Tributos).
 
(8) - DOC. ORIGEM                  - informar   o   número do   documento de
                                     origem. Os campos UG e GESTÃO já vem
                                     preenchidos;
                                   - campo numérico de 9 posições.
(9) - FONTE DE
      RECURSO                      - informar a Fonte que identifica a origem
                                     dos recursos orçamentários. Se o código
                                     do   “RECURSO”   FOR   “0"   (DARF    COM
                                     TRANSFERÊNCIA FINANCEIRA), A “FONTE DE
                                     RECURSO” informada deve ser igual à FONTE
                                     correspondente   ao   Código de Receita
                                     disponibilizado na transação CONCODREC;
                                   - campo   numérico   de 10 posições,   de
                                     preenchimento obrigatório.
 
(10) - VINCULAÇÃO DE               - informar   código   de   Vinculação    de
       PAGAMENTO                     Pagamento;
                                   - campo   numérico   de   3   posições;
                                   - caso não saiba o código de Vinculação de
                                     Pagamento,    consultar    a    transação
                                     CONVINCPAG.
 
(11) - PROCESSO                    - informar o número do Processo somente
                                     quando o DARF for referente à receita do
                                     SPU. Preencher   com   o   mesmo número
                                     informado no campo “PROC. COBRANCA” da
                                     transação NT, ou deixar em branco se esse
                                     não estiver preenchido;
                                   - campo numérico de 15 posições.
 
(12) - GRUPO DE
       NATUREZA DE DESPESA         - informar o código do Grupo de Natureza de
                                     Despesa;
                                   - campo numérico de uma posição, sendo:
                                     1 - Pessoal e Encargos Sociais;
                                     2 – Juros e Encargos da Dívida;
                                     3 - Outras Despesas Correntes;
                                     4 - Investimentos;
                                     5 - Inversões Financeiras;
                                     6 – Amortização da Dívida.
 
(13) - PERÍODO APURAÇÃO            - informar a data de emissão da Ordem
                                     Bancária, quando se tratar de pagamento a
                                     Fornecedores,   ou informar a data do
                                     último dia do mês da  competência da
                                     despesa, quando se tratar de Folha de
                                     Pagamento;
                                   - campo   alfanumérico   de   7   posições,
                                     no formato DDMMMAA, sendo:
                                     DD - Dia;
                                     MMM - Mês;
                                     AA - Ano.
 
(14) - PERCENTUAL                  - informar o percentual do DARF simples;
                                   - campo numérico de 4 posições, sendo 2
                                     dígitos inteiros e 2 dígitos decimais.
 
(15) - REFERÊNCIA                  - informar o número de Referência do DARF
                                     somente se o tipo da receita exigir;
                                   - campo numérico de 15 posições.
 
(16) - RECEITA BRUTA               - informar o valor   da   receita   bruta
                                     acumulada para DARF simples;
                                   - campo numérico de 9 dígitos, sendo 7
                                     dígitos inteiros e 2 dígitos decimais.
 
(17) - RECEITA                     - informar o código da Receita   que está
                                     sendo recolhida;
                                   - campo numérico de 4 posições;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONCODREC.
 
(18) - RECEITA                     - informar o valor da Receita do DARF;
                                   - campo numérico de até 17 posições, sendo
                                     15 inteiras e 2 decimais. O Sistema
                                     assume as duas últimas posições como
                                     decimais, não sendo necessário informar a
                                     vírgula.
 
(19) - MULTA                       - informar o valor da Multa do DARF;
                                   - campo numérico de até 17 posições, sendo
                                     15 inteiras e 2 decimais. O Sistema
                                     assume as duas últimas posições como
                                     decimais, não sendo necessário informar a
                                     vírgula.
 
(20) - JUROS DE
       MORA                        - informar o valor dos Juros de Mora do
                                     DARF;
                                   - campo numérico de até 17 posições, sendo
                                     15 inteiras e 2 decimais. O Sistema
                                     assume as duas últimas posições como
                                     decimais, não sendo necessário informar a
                                     vírgula.
 
(21) - TOTAL                       - informar o valor da soma dos campos 11,
                                     12 e 13, na mesma forma numérica.
 
(22) - OBSERVAÇÃO                  - informar o motivo pelo qual o documento
                                     está sendo emitido;
                                   - campo alfanumérico de até 234 posições.
 
b) FINALIDADE: inclusão de documentos hábeis que resultarão na geração de DARF.

- Inclua o documento hábil “TF” no Novo CPR;
- Acesse a transação INCDH;
- Na 1ª tela, informe apenas o documento hábil “TF” em “Tipo de Documento” e acione o botão “Confirmar”;
- Na 2ª tela, preencha os seguintes campos na aba “Dados Básicos”, conforme indicado a seguir:
•Código da UG Pagadora
•Data de Emissão Contábil – já vem preenchido
•Data de Vencimento;
•Processo (facultativo);
•Valor do Documento;
•Código do Credor, que nesse caso será a própria UG;

- Após preenchimento dos dados acima, acione o botão “Incluir” na aba “Dados do Documento de Origem” e preencha os seguintes campos:
•Emitente – é preenchido automaticamente com o código do credor.
•Data de Emissão;
•Número Doc. Origem;
•Valor.

- Após o preenchimento, acione o botão “Confirmar”. Posteriormente, preencha o campo “Observação” e acione o botão “Confirmar Dados Básicos”;

- Na aba “Principal Sem Orçamento”, preencha a Situação PSO053 - APROPRIAÇÃO OBRIGAÇÕES C/A UNIÃO RECOLHER - S/NE - GERANDO DARF - EXCLUSIVA TCT - e acione o botão “Confirmar”.

- Na tela seguinte, preencha os seguintes campos:
•Fonte de Recursos: deverá ser 0177000000
•Categoria de Gastos: C – que indica Outras Despesas Correntes
•Código de Recolhimento DARF: Vide tabela na transação >CONCODREC
•Valor.

- Após informar os dados acima, acione o botão “Confirmar”.

- Na aba “Dados de Pagamento”, clique na linha cinza que possui a palavra “Situação”, para que o Siafi acione a possibilidade de se incluir os dados da Lista de recolhedores. Acione o botão “Incluir” e indique os seguintes dados:
•Recolhedor
•Base de Cálculo
•Valor da Receita e acione o botão “Confirmar”.
 

- Acione o botão “Pré-Doc”, o que resultará no surgimento da janela do DARF. Preencha os seguintes campos:

• Recurso: sempre igual a ZERO;
•Período de Apuração
•Observação.

- Posteriormente, acione o botão “Confirmar”.

- Após o preenchimento dos campos do documento DT, acione o botão “Verificar Consistência” e, posteriormente, acione o botão “Registrar”.
- Acesse a transação “GERCOMP” via botão que aparecerá logo após o registro do documento hábil e efetue a realização do documento por meio da opção R (Realizar Totalmente), para realizar o compromisso utilizando a Vinculação 500.


4.2.1.4 - GUIA DE RECOLHIMENTO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL - Transacao GPS
a) FINALIDADE - permite registrar o recolhimento das contribuições para a Seguridade Social por meio de transferências de recursos INTRA-SIAFI entre a UG recolhedora e a Conta Única Institucional do INSS.
 
MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) - DATA EMISSAO - informar a data de emissao do documento(vira preenchido
                     com a data corrente);                                   
                   - campo alfanumerico de 7 posicoes, no formato DDMMMAA,
                     sendo:                                                  
                     DD - Dia;                                             
                     MMM - Mes;                                             
                     AA - Ano.                                             
                                                                             
(2) - NUMERO       - informar o numero sequencial da GPS, caso se trate de
                     Orgao que nao optou pela numeracao automatica;          
                   - campo numerico de 6 posicoes.                           
                                                                             
(3) - UG/GESTAO
      EMITENTE     - informar o codigo da UG/Gestao Emitente do documento(vira
                     preenchido com o codigo da UG/GESTAO do operador);     
                   - campo numerico de 6 posicoes para UG e de 5 para Gestao;
                   - caso nao saiba os codigos, consultar as transacoes CONUG
                     e CONORGAO.                                             
                                                                             
(4) - RECOLHEDOR   - informar o codigo do recolhedor da GPS, o qual pode ser
                     CNPJ/CNPJ, CEI ou NIT e, deve estar de acordo com o
                     Codigo de pagamento informado;                          
                   - campo numérico de ate 14 posicoes.                      
                                                                              
(5) - CODIGO DE                                                              
      PAGAMENTO    - informar o codigo de pagamento referente ao valor que
                     esta sendo recolhido por meio da GPS;                   
                   - campo numerico de 4 posicoes;                           
                   - caso nao saiba o codigo, teclar PF1(AJUDA).
 
(6) - COMPETENCIA - informar o mes/ano de competencia da GPS;               
                  - campo alfanumerico de 5 posicoes, sendo 3 alfabeticas
                     para mes e 2 numericas para ano. Entretanto, quando a
                     contribuicao a ser recolhida for referente ao decimo
                     terceiro salario, informar 013 para as posicoes relativas
                     ao mes                                                  
                                                                             
 
(7) - RECURSO      - informar o numero relacionado ao recurso por meio do qual
                     sera emitida a GPS;                                     
                   - campo numerico de 1 posicao, sendo:                     
                     0 - COM TRANSFERENCIA FINANCEIRA;                        
                     1 - COM COTA DO ORCAMENTO DO EXERCICIO;                 
                     2 - COM LIMITE DE RESTOS A PAGAR;                       
                     3 - COM VINCULACAO DE PAGAMENTO;                         
                     4 - COM LIMITE DA STN DE EMPENHO CONTRA ENTREGA;
                     6 - COM VINCULACAO DE PAGAMENTO INSS.                   
 
(8) - DOC. ORIGEM - informar os codigos da UG, da GESTAO e, o numero,
                      relacionados ao documento de origem da GPS;            
                    - campo numerico de 6 posicoes para UG, 5 posicoes para
                      GESTAO e de 10 posicoes para o numero do documento.    
 
(9) - FONTE DE                                                                
      RECURSO      - informar o codigo da fonte de recursos relacionada a GPS
                     que esta sendo emitida;                                 
                   - campo numerico de 10 posicoes, sendo a primeira para o
                     identificador de uso, a segunda para a origem do recurso,
                     a terceira e a quarta para a Fonte SOF e, as 6 ultimas
                     para o seu sequencial;
                    - caso nao saiba o codigo, consultar a transacao CONFONTE.
 
(10)- VINC. PGTO   - informar o codigo de vinculacao de pagamento relacionado
                     a GPS que esta sendo emitida;                           
                   - campo numerico de 3 posicoes;                            
                   - caso nao saiba o codigo, consultar a transacao CONVINPAG.
 
(11)- GRUPO DE                                                               
      DESPESA      - informar o grupo da despesa relacionada a GPS que esta
                     sendo emitida;                                          
                   - campo numerico de 1 posicao, sendo:                     
                     1 - pessoal e encargos sociais;                         
                     3 - outras despesas correntes;                          
                     4 - investimentos;                                      
                     5 - inversoes financeiras.                              
                                                                              
(12)- PROCESSO     - informar o numero do processo relacionado a GPS que esta
                     sendo emitida;
                   - campo numerico de 20 posicoes.                          
                                                                              
(13) - VALOR DO                                                              
       INSS        - informar o valor a ser recolhido referente ao INSS;     
                   - campo numerico  de ate 17 posicoes, sendo 15 inteiras e
                     2 decimais. O Sistema assume as 2 ultimas posicoes como
                     decimais, nao sendo necessario informar a virgula.      
                                                                              
(14) - VALOR DE                                                              
       OUTRAS                                                                
       ENTIDADES   - informar o valor a ser recolhido referente a outras
                     entidades;                                              
                   - campo numerico de ate 17 posicoes, sendo 15 inteiras e
                     2 decimais. O Sistema assume as 2 ultimas posicoes como
                     decimais, nao sendo necessario informar a virgula.
 
(15) - VALOR ATM/                                                            
       MULTA/JUROS - informar o valor a ser recolhido referente ao somatorio
                      de atualizacao monetaria, multa e juros;               
                    - campo numerico de ate 17 posicoes, sendo 15 inteiras e
                      2 decimais. O Sistema assume as 2 ultimas posicoes como
                      decimais, nao sendo necessario informar a virgula.     
 
(16) - TOTAL       - informar o valor total a ser recolhido pela GPS;        
                   - campo numerico de ate 17 posicoes, sendo 15 inteiras e
                      2 decimais. O Sistema assume as 2 ultimas posicoes como
                      decimais, nao sendo necessario informar a virgula.     
 
(17) - OBSERVACAO - informar o motivo pelo qual a GPS esta sendo emitida;   
                   - campo alfanumerico de ate 234 posicoes.                 
           
b) FINALIDADE: inclusão de documentos hábeis que resultarão na geração de GPS.

- Inclua o documento hábil “TF” no Siafi-WEB (Novo CPR):
- Acesse a transação INCDH;
- Na 1ª tela, informe apenas o documento hábil “TF” em “Tipo de Documento” e acione o botão “Confirmar”;
- Na 2ª tela, preencha os seguintes campos na aba “Dados Básicos”, conforme indicado a seguir:
•Código da UG Pagadora;
•Data de Emissão Contábil – já vem preenchido;
•Data de Vencimento;
•Processo (facultativo);
•Valor do Documento;
•Código do Credor, que nesse caso será a própria UG;

- Após preenchimento dos dados acima, acione o botão “Incluir” na aba “Dados do Documento de Origem” e preencha os seguintes campos:
•Emitente – é preenchido automaticamente com o código do credor.
•Data de Emissão;
•Número Doc. Origem;
•Valor.

- Após o preenchimento, acione o botão “Confirmar”. Posteriormente, preencha o campo “Observação” e acione o botão “Confirmar Dados Básicos”;

- Na aba “Principal Sem Orçamento”, preencha a Situação PSO054 - APROPRIAÇÃO OBRIGAÇÕES C/A UNIÃO RECOLHER - S/NE - GERANDO GPS - EXCLUSIVA TCT e acione o botão “Confirmar”.

- Na tela seguinte, preencha os seguintes campos:
•Fonte de Recursos: deverá ser 0177000000
•Categoria de Gastos: C – que indica Outras Despesas Correntes
•Código de Recolhimento de GPS: Vide tabela na transação >CONCODPAG
•Valor.

- Após informar os dados acima, acione o botão “Confirmar”.

- Na aba “Dados de Pagamento”, clique na linha cinza que possui a palavra “Situação” para que o Siafi acione a possibilidade de se incluir os dados da Lista de recolhedores. Em seguida, acione o botão “Incluir” e indique os seguintes dados:
•Recolhedor
•Valor INSS e acione o botão “Confirmar”.

- Acione o botão “Pré-Doc” e surgirá a janela da GPS. Preencha os seguintes campos:

• Recurso: sempre igual a ZERO;
•Competência: mês ao qual o documento GPS se refere;
•Observação.
- Posteriormente, acione o botão “Confirmar”;

- Após o preenchimento dos campos do documento “DT”, acione o botão “Verificar Consistência” e, posteriormente, acione o botão “Registrar”.
Acesse a transação GERCOMP via botão que aparecerá logo após o registro do documento hábil, e efetue a realização do documento por meio da opção R (Realizar Totalmente), para realizar o compromisso utilizando a Vinculação 500.          


5 - DOCUMENTOS IMPRESSOS
 
5.1 - Imprime Relação de Ordens Bancárias - Transação >IMPRELOB
5.1.1 - FINALIDADE - Permite imprimir a relação de Ordens Bancárias emitidas. Para a empresa a relação será de OB de transferência internas – RT
5.1.2 - Utilização
 
5.1.2.1 - A Relação de OB Intra-SIAFI - RT é utilizada para controles internos da Empresa, sendo obrigatória a sua emissão em uma via.
 
 
MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
(1) - UNIDADE
      GESTORA      - informar o código da UG.
                   - campo numérico de 6 posições.
 
(2) - GESTÃO       - informar o código da Gestão.
                   - campo numérico de 5 posições.
 
(3) - BANCO        - informar o código do Banco.
                   - campo numérico de 3 posições.
                   - campo de preenchimento não obrigatório.
 
(4) - DATA DA
      SOLICITAÇÃO - informar a data da solicitação, no seguinte formato:
                     DD - campo numérico de 2 posições;
                     MMM - campo alfabético de 3 primeiras letras do mês; e
                     AA - campo numérico de 2 posições.
                   - não é obrigatório o preenchimento.
 
(5) - NÚMERO DO
      RELATÓRIO    - informar número do relatório para impressão, no formato:
                   - AA - campo numérico de 2 posições, indicando o ano.
                   - NN - nome do documento podendo ser RE e RT; e
                   - XXXXX - número seqüencial do documento de 5 posições
                     numéricas.
 
(6) S/N            - imprimir S (Sim) para impressão de todos tipos de OB ou N
                     (Não) para impressão somente das OB de Pessoal.
 
 
- ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO
 
- para imprimir a relação que não foi impressa pela UG/GESTÃO, informar a UG + GESTÃO e em seguida teclar ENTER;
 
- para imprimir a relação que não foi impressa pela UG/GESTÃO referente ao Banco especificado, informar a UG + GESTÃO + BANCO e em seguida teclar ENTER;
 
- para imprimir a relação que não foi impressa pela UG/GESTÃO em uma data específica, informar a UG + GESTÃO + DATA DA SOLICITAÇÃO e em seguida teclar ENTER; e
 
- para imprimir uma relação específica, informar a UG + GESTÃO + NÚMERO DO RELATÓRIO e em seguida teclar ENTER.
 
6 - CONSULTAS
 
6.1 - O SIAFI dispõe de transações que permitem, a qualquer momento, a consulta aos dados relacionados a um determinado documento, registro, tabela, cadastro e informações existentes no Sistema, sendo as principais:
6.1.1 - CONSULTA ORDEM BANCÁRIA - Transação CONOB
 
6.1.1.1 - Permite consultar as OB de uma determinada UG/GESTÃO.
 
6.1.1.2 - MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
 
(1) - ÓRGÃO       - informar o código do Órgão emitente da OB.
                  - campo numérico de 5 posições.
 
(2) - UG EMITENTE - informar o código da UG emitente da OB.
                  - campo numérico de 6 posições.
 
(3) - GESTÃO
      EMITENTE    - informar o código da Gestão emitente da OB.
                  - campo numérico de 5 posições.
 
(4) - NÚMERO DO
      DOCUMENTO   - informar o número do documento que se deseja consultar no
                    formato:
                    AA    - ano da emissão, campo numérico de 2 posições;
                    OB    - identifica o tipo do documento, com 2 posições
                    alfabéticas;
                    NNNNN - número seqüencial do documento, com 5 posições
                    muméricas.
 
(5) - NÚMERO
      BANCÁRIO    - número de controle a ser utilizado pelo Banco do Brasil,
                    sendo composto de até 10 posições numéricas.
(6) - FAVORECIDO - informar o CNPJ, CPF, UG, IG ou banco do credor do
                    documento.
                  - campo numérico de até 14 posições.
                  - caso não tenha o   CNPJ/CPF/IG   consultar a transação
                    CONCREDOR, ou se não tiver o banco, consultar CONBANCO.
 
(7) - GESTÃO      - preencher com o número da gestão do credor do documento.
                  - campo numérico de 5 posições.
 
(8) - DATA        - informar a data em que foi executada a entrada do
                    documento no Sistema no formato:
                    DD - campo numérico de 2 posições.
                    MMM - campo alfabético de 3 posições.
                    AA - campo numérico de 2 posições.
 
(9) - TIPO OB     - informar o tipo de OB.
                  - para consultar os tipos de OB existentes teclar PF1.
                  - campo numérico de 2 posições.
 
(10) - OPÇÃO      - informar a opção de consulta da OB, sendo:
                    0 - OB’S SACADAS
                    1 - OB’S CANCELADAS ANTES DA REMESSA AO BANCO
                    2 - OB’S DE CANCELAMENTO ANTES DA REMESSA AO BANCO
                    3 - OB’S CANCELADAS APÓS REMESSA AO BANCO
                    4 - OB’S DE CANCELAMENTO APÓS REMESSA AO BANCO
                    5 - OB’S DE RESTABELECIMENTO DE OB’S CANCELADAS
                    6 - OB’S DE CANCELAMENTO GERADAS INDEVIDAMENTE NA
                        CONCILIAÇÃO
                    7 - OB’S RESTABELECIDAS
                    8 - OB’S CANCELADAS POR OB’S DE RESTABELECIMENTO
                    9 - OB’S TODAS AS OB’S EMITIDAS
 
6.1.1.3 - ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DA TRANSAÇÃO
 
Esta transação permite as seguintes combinações:
 
a) Para listar todas as OB emitidas para um determinado Órgão, em uma data específica, informar o ÓRGÃO + DATA e teclar ENTER;
 
b) Para listar todas as OB emitidas para uma determinada UG que pertence a um Órgão, em uma data específica, informar o ÓRGÃO + UG EMITENTE + DATA e teclar ENTER;
 
c) Para listar todas as OB que tenham como favorecido o indicado, para todas as UG pertencentes ao Órgão, informar ÓRGÃO + FAVORECIDO e teclar ENTER;
 
d) Para listar todas as OB emitidas para um único favorecido, em uma data específica, de todas as UG que pertencem a um mesmo Órgão, informar o ÓRGÃO + FAVORECIDO + DATA e teclar ENTER;
 
e) Para listar todas as OB emitidas por UG/GESTÃO, informar a UG + e a GESTÃO EMITENTE e teclar ENTER;
 
f) Para listar todas as OB emitidas por uma UG/GESTÃO a partir do número, informar a UG + GESTÃO EMITENTE + o NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar ENTER;
 
g) Para listar todas as OB emitidas por uma UG/GESTÃO em uma data específica, informar a UG + GESTÃO EMITENTE + DATA e teclar ENTER;
 
h) Para listar todas as OB emitidas por uma UG/GESTÃO em uma data específica a partir da OB, informar a UG + GESTÃO EMITENTE + o NÚMERO DO DOCUMENTO + a DATA e teclar ENTER;
 
i) Para listar todas as OB emitidas por uma UG/GESTÃO para um único favorecido, informar a UG + GESTÃO EMITENTE + FAVORECIDO e teclar ENTER;
 
j) Para listar o quantitativo de OB emitidas por UG/GESTÃO pertencentes a um Órgão, informar o Órgão e teclar PF6;
 
k) Para listar todas OB do favorecido, informar o FAVORECIDO e teclar ENTER;
 
l) Após listar as OB em qualquer uma das opções acima descritas, é possível consultá-la detalhadamente e ver seu espelho contábil, posicionando o cursor ao lado da OB desejada e teclar:
- PF2 para consultar o documento e
- PF4 para obter o espelho contábil;
 
m) Para consultar uma OB detalhadamente, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar PF2; e
 
n) Para consultar o espelho contábil de uma OB, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar PF4.
 
 
6.1.2 - CONSULTA NOTA DE LANÇAMENTO - Transação CONNL
 
6.1.2.1 - FINALIDADE - Permite consultar uma Nota de Lançamento emitida pela UG.
 
6.1.2.2 - MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) - UG EMITENTE       - informar o código da UG emitente da NL.
                        - campo numérico de 6 posições.
 
(2) - GESTÃO EMITENTE   - informar o código da Gestão emitente da NL.
                        - campo numérico de 5 posições.
 
(3) - NÚMERO DO
      DOCUMENTO         - informar o número do documento   que se deseja
                          consultar.
                        - campo numérico de 5 posições.
 
(4) - DATA              - informar a data em que foi executada a entrada do
                          documento no Sistema no formato:
                          DD - campo numérico de 2 posições.
                          MMM - campo alfabético de 3 posições.
                          AA - campo numérico de 2 posições.
6.1.2.3 - ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DA TRANSAÇÃO
 
a) Para listar todas as NL emitidas por uma UG/GESTÃO, informar a UG EMITENTE
+ GESTÃO EMITENTE e teclar ENTER;
 
b) Para listar as NL emitidas por uma UG/GESTÃO a partir do número de uma NL,
informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + o NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar
ENTER;
 
c) Para listar as NL emitidas por uma UG/GESTÃO em uma data específica,
informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + DATA e teclar ENTER;
 
d) Para consultar uma NL detalhadamente, informar a UG EMITENTE + GESTÃO
EMITENTE + NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar PF2, ou, se o usuário estiver na
tela 2, posicione o cursor ao lado do NÚMERO desejado e teclar PF2; e
 
e) Para consultar o espelho contábil de uma NL, informar a UG EMITENTE +
GESTÃO EMITENTE + o NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar PF4, ou, se o usuário
estiver na tela 2, posicione o cursor ao lado do NÚMERO desejado e teclar PF4.
 
 
6.1.2.3 - ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DA TRANSAÇÃO
 
a) Para listar todas as NL emitidas por uma UG/GESTÃO, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE e teclar ENTER;
 
b) Para listar as NL emitidas por uma UG/GESTÃO a partir do número de uma NL, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + o NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar ENTER;
 
c) Para listar as NL emitidas por uma UG/GESTÃO em uma data específica, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + DATA e teclar ENTER;
 
d) Para consultar uma NL detalhadamente, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar PF2, ou, se o usuário estiver na tela 2, posicione o cursor ao lado do NÚMERO desejado e teclar PF2; e
 
e) Para consultar o espelho contábil de uma NL, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + o NÚMERO DO DOCUMENTO e teclar PF4, ou, se o usuário estiver na tela 2, posicione o cursor ao lado do NÚMERO desejado e teclar PF4.
 
 
6.1.3 - CONSULTA DARF - Transação CONDARF
 
6.1.3.1 - FINALIDADE - Permite consultar os Documentos de Arrecadação de Receitas Federais - DARF da UG.
 
6.1.3.2 - MODELO E INTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) - ÓRGÃO              - informar o código do Órgão Emitente do documento;
                         - campo numérico de 5 posições;
                         - caso não tenha o código, consultar a transação
                           CONORGAO.
 
(2) - UG EMITENTE        - informar o código da UG Emitente do documento;
                         - campo numérico de 6 posições;
                         - caso não tenha o código, consultar a transação
                           CONUG.
 
(3) - GESTÃO EMITENTE    - informar o código da Gestão Emitente do documento;
                         - campo numérico de 5 posições;
                         - caso não tenha o código, consultar a transação
                           CONGESTAO.
   
(4) - NÚMERO DO
      DOCUMENTO          - informar o Número seqüencial do Documento;
                         - campo numérico de 5 posições.
 
(5) - RECEITA            - informar o código da Receita;
                         - campo numérico de 4 posições;
                         - caso não tenha o código, cosultar a transação
                           CONCODREC.
 
(6) - DATA INICIAL       - informar a data inicial da pesquisa dos DARF
                           emitidos;
                         - campo alfanumérico de 7 posições, de preenchimento
                           obrigatório, de formato DDMMMAA, sendo:
 
                          DD - Dia;
                           MMM - Mês;
                           AA - Ano;
 
(7) - DATA FINAL         - informar a data final da pesquisa    dos DARF
                           emitidos;
                         - campo alfanumérico de 7 posições, de preenchimento
                           opcional, de formato DDMMMAA, sendo:
                           DD - Dia;
                           MMM - Mês;
                           AA - Ano.
 
(8) - RECOLHEDOR         - informar o(a) CNPJ/CPF/UG RECOLHEDOR(A) do valor
                           retido na fonte, resultante de serviços prestados,
                           ou por motivos regulamentados pela SRF;
                         - campo numérico de 14 posições para o CNPJ, 11
                           posições para o CPF e 6 posições para a UG;
                         - caso não tenha o código, consultar a transação
                           CONCREDOR.
 
(9) - OPÇÃO              - informar uma das Opções de consulta do DARF a
                           seguir: 1 - Arrecadados, 2 - Cancelados,   3 - De
                           cancelamento e 4 - Todos;
                         - campo numérico de uma posição.
 
 
6.1.3.3 - ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DA TRANSAÇÃO
 
- para listar todos os DARF emitidos por uma UG/GESTÃO a partir do primeiro DARF encontrado, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + OPÇÃO + ENTER;
 
- para listar todos os DARF emitidos por uma UG/GESTÃO a partir do DARF informado, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + NÚMERO DO DARF + ENTER;
 
- para consultar um DARF detalhadamente, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + NÚMERO DO DOCUMENTO + PF2, ou ainda se o usuário estiver na tela 2,
posicionar o cursor ao lado do NÚMERO desejado e teclar PF2; e
 
- para consultar o espelho contábil de um DARF, informar a UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + NÚMERO DO DOCUMENTO + PF4, ou ainda se o usuário estiver na tela 2, posicionar o cursor ao lado do NÚMERO desejado e teclar PF4.
 
- para listar todos os DARF da UG/GESTÃO que possuem a RECEITA informada, informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + RECEITA + OPÇÃO + ENTER;
 
- para listar todos os DARF das UG dos ÓRGÃO e GESTÃO informados, a partir da data inicial preenchida, informar ÓRGÃO EMITENTE + GESTÂO EMITENTE + DATA INICIAL + OPÇÃO + ENTER.
 
- para listar todos os DARF das UG dos ÓRGÃO e GESTÃO informados, para uma RECEITA preenchida, informar ÓRGÃO EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + RECEITA + OPÇÃO + ENTER.
 
- para listar todos os DARF das UG/GESTÃO informadas, entre 2 DATAS (INICIAL e FINAL) preenchidas, de uma RECEITA específica e, de um dado RECOLHEDOR, informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + DATA INICIAL + DATA FINAL + RECEITA + RECOLHEDOR + OPÇÃO + ENTER;
 
 
6.1.4 - CONSULTA GPS - Transação CONGPS
 
6.1.4.1 - Permite consultar as Guias de Recolhimento da Previdência Social da UG.
 
6.1.4.2 - MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) - UG EMITENTE      - informar o código da UG Emitente do documento;
                       - campo numérico de 6 posições;
                       - caso não tenha o código, consultar a transação
                         CONUG.
 
(2) - GESTÃO EMITENTE - informar o código da Gestão Emitente da GPS;
                       - campo numérico de 5 posições;
                       - caso não tenha o código, consultar a transação
                         CONORGEST.
 
(3) - NÚMERO           - informar o Número seqüencial do documento;
                       - campo numérico de 6 posições.
 
(4) – RECOLHEDOR       - informar o código do recolhedor da GPS, podendo ser
                         CNPJ/CPF, CEI ou NIT, de acordo com a informação do
                         código de pagamento;
 
(5) - DATA             - informar a Data para inicializar a consulta;
                       - campo alfanumérico de 7 posições, no formato:
                         DDMMMAA.
                         DD - Dia;
                         MMM - Mês;
                         AA - Ano.
 
(6) - FPAS             - informar o   código   do   Fundo de Previdência e
                         Assistência Social - FPAS somente para consulta aos
                         documentos emitidos antes de 17/05/99 (GRPS);
                       - campo numérico de 3 posições;
 
(7) – CODIGO PGTO      - informar o Código de Pagamento somente para consulta
                         aos documentos emitidos a partir de 17/05/99 (GPS);
                       - campo numérico de 4 posições;
                       - a relação de Códigos de Pagamento estão disponíveis
                         no PF=1 da transação >GPS.
 
(8) - RECURSO          - informar o Tipo de Recurso para o qual se deseja
                         consultar as GPS emitidas;
                       - campo numérico de uma posição, sendo:
                         0 - COM TRANSFERÊNCIA FINANCEIRA;
                         1 - COM COTA DO ORCAMENTO DO EXERCICIO;
                         2 - COM LIMITE DE RESTOS A PAGAR;
                         3 - COM VINCULAÇÃO DE PAGAMENTO;
                         4 - COM LIMITE DA STN DE EMPENHO CONTRA ENTREGA.
 
(9) - OPÇÃO            - informar uma das Opções para consulta, sendo:
                         1 – Arrecadados;
                         2 – Cancelados;
                         3 - de cancelamento; e
                         4 - TODOS;
                       - campo numérico de uma posição.
 
 
 
ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + NÚMERO DA GPS + OPÇÃO + ENTER, para obter a relação das GPS existentes na UG e Opção informadas, a partir da GPS informada, podendo detalhar (PF2) ou consultar o espelho contábil (PF4) de determinada GPS que se encontra relacionada;
 
– informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + RECOLHEDOR + OPÇÃO + ENTER, para obter a relação das GPS emitidas na UG e Opção informadas, para o recolhedor indicado;
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + DATA + OPÇÃO + ENTER, para obter a relação das GPS existentes na data e UG informadas, podendo-se consultar o documento e seu espelho contábil, teclando PF2 ou PF4, respectivamente; e
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + FPAS + OPÇÃO + ENTER, para obter a relação das GPS existentes para a UG, opção e FPAS informados;
 
– informar RECOLHEDOR + OPÇÃO + ENTER, para obter a relação das GPS para aquele Recolhedor na Opção indicada;
 
- informar UG EMITENTE + GESTÃO EMITENTE + RECURSO + ENTER para obter todas as GPS emitidas, pela UG/GESTÃO EMITENTE informada, com o tipo de RECURSO informado.
 
 
6.1.5 - CONSULTA UG - Transação CONUG
 
6.1.5.1 - Permite consultar a relação das UG no Sistema.
 
6.1.5.2 - MODELO E INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) - UNIDADE GESTORA - informar o código da UG.
                       - campo numérico de 6 posições.
 
(2) - TERMO DO TÍTULO - informar o termo para pesquisa.
                       - campo alfanumérico de 12 posições.
 
(3) - ÓRGÃO            - informar o código do Órgão.
                       - caso não   tenha o   código, consultar   transação
                         CONORGAO.
                       - campo numérico de 5 posições.
 
(4) - SUBÓRGÃO         - informar o código do Subórgão.
                       - caso não tenha o código, consultar a transação
                         CONSUBORGAO.
                       - campo numérico de 4 posições.
 
(5) - UF               - informar a UF onde está situada a UG.
                       - caso não tenha o código posicione o cursor no campo e
                         tecle PF1 ou consulte a transação >CONUF.
                       - campo alfabético de 2 posições.
 
(6) - CNPJ              - informar o CNPJ da UG.
                       - campo numérico de 14 posições.
 
(7) - UTILIZA NLSALDO - marcar com X se desejar saber se utiliza NLSALDO.
                       - campo alfabético de uma posição.
 
(8) - FUNÇÃO           - informar a Função da UG.
                       - campo numérico de 1 posição.
 
(9) - ESTADO/MUNICIPIO - indicar uma das opções, sendo:
                         1 - Governo Estadual
                         2 - Governo Municipal
                       - campo numérico de uma posição.
 
 
 
6.1.5.3 - ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DA TRANSAÇÃO
 
- Teclar ENTER na primeira tela, sem o preenchimento dos campos, obtém-se a relação das UG a partir da primeira cadastrada;
 
- Informar o código da UG + ENTER, será obtida a relação das unidades a partir da informada;
 
- Informar o código da UG +(X) para SETORIAL CONTÁBIL + ENTER, será obtida a relação das UG que a tem como Setorial Contábil;
 
- Informar o código da UG + ENTER + (X) para SETORIAL AUDITORIA + ENTER, será obtida a relação das UG que a tem como Setorial de Auditoria;
 
- Informar o código da UG + (X) para SETORIAL ORÇAMENTÁRIA + ENTER, será obtida a relação das UG que a tem como Setorial Orçamentária;
 
- Informar o código da UG + (X) para UG POLO + ENTER, será obtida a relação das UG que a tem como polo de digitação;
 
- Informar o TERMO DO TÍTULO + ENTER, será obtida a relação das UG que possuem o termo informado no início do nome;
 
- Informar o TERMO DO TÍTULO + PF6, será obtida a relação das UG que possuem o termo informado em qualquer parte do nome;
 
- Informar o TERMO DO TÍTULO + Órgão + ENTER, será obtida a relação das UG pelo termo do nome existente para o Órgão informado;
 
- Informar o TERMO DO TÍTULO + UF + ENTER, será obtida a relação das UG, que possuem o termo para a UF informada;
 
- Informar o código do ÓRGÃO + ENTER, será obtida a relação das UG que pertencem ao Órgão informado;
 
- Informar o código da UG + ÓRGÃO + ENTER, será obtida a relação das unidades que pertencem ao Órgão a partir da UG informada;
 
- Informar a UF + ENTER, será obtida a relação das unidades situadas na UF informada;
 
- Informar o código do SUBORGÃO + ENTER, será obtida a relação das UG vinculadas ao Sub-órgão informado;
 
- Informar o código da UG + UF + ENTER, será obtida a relação das unidades, a partir daquela informada, que se situam na UF indicada;
 
- Informar o código da UG + SUBORGÃO + ENTER, será obtida a relação das UG vinculadas ao Sub-órgão informado, a partir da UG indicada;
 
- Informar o campo utiliza NLSALDO + ENTER, será obtida a relação das unidades que utilizam NLSALDO;
 
- Informar o código do ÓRGÃO + a indicação que utiliza NLSALDO + ENTER, será obtida a relação das unidades para o Órgão informado que utilizam NLSALDO;
 
- Informar a UF + se utiliza NLSALDO + ENTER, será obtida a relação das unidades para UF informada que utilizam NLSALDO;
 
- Informar (X) como SETORIAL CONTÁBIL + se utilizada NLSALDO + ENTER, será obtida a relação das unidades que utilizam NLSALDO e são Setoriais
Contábeis;
 
- Informar o código do ÓRGÃO + (X) para SETORIAL CONTÁBIL + ENTER, será obtida a relação das unidades para o Órgão informado que são Setoriais Contábeis;
 
- Informar o código do ÓRGÃO + (X) como SETORIAL DE AUDITORIA + ENTER, será obtida a relação das unidades para o Órgão informado, que são
Setoriais de Auditoria;
 
- Informar o código do ÓRGÃO + (X) como SETORIAL ORÇAMENTÁRIA + ENTER, será obtida a relação das unidades para o ÓRGÃO informado, que são Setoriais Orçamentárias;
 
- Informar a FUNÇÃO EXECUTORA + ENTER, será obtida a relação de todas as UG que são executoras;
 
- Informar o código do ÓRGÃO + FUNÇÃO EXECUTORA + ENTER, será obtida a relação de todas as UG que pertencem ao Órgão informado e são executoras;
 
- Informar o código do SUBORGÃO + FUNÇÃO EXECUTORA + ENTER, será obtida a relação das UG que pertencem ao Sub-órgão informado e são executoras;
 
- Informar a UF + FUNÇÃO EXECUTORA + ENTER, será obtida a relação de todas as UG que situam-se na UF informada e são executoras;
 
- Informar a UF + ÓRGÃO + ENTER, será obtida a relação das unidades que se situam na UF e pertencem ao Órgão informado;
 
- Informar código do CNPJ + ENTER, será obtido o detalhamento da UG que possui o CNPJ informado;
 
- Em qualquer das combinações desejando detalhar as informações da UG, posicionar o cursor na UG e teclar PF2, ou informar o código da Unidade e teclar PF2 diretamente; e
 
- Caso o usuário esteja habilitado na transação de atualização poderá migrar através da tecla indicada na régua de funções.
 
 
6.1.6 - CONSULTA GESTÃO - Transação CONGESTÃO
 
6.1.6.1 - Permite consultar a relação das Gestões existentes no Sistema.
 
6.1.6.2 - MODELO E INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) GESTÃO  - informar o código da Gestão.
             - campo numérico de 5 posições.
 
(2) TERMO DO
    TÍTULO   - informar o termo para pesquisa.
             - campo alfanumérico de até 12 posições.
 
 
6.1.6.3 - ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO
- Teclar ENTER sem o preenchimento dos campos, será obtida a relação de todas as Gestões existentes na tabela;
 
- Informar um código de Gestão + ENTER, será obtida a relação das Gestões existentes a partir do código informado;
 
- Informar um código de Gestão + PF2, será obtido o detalhamento da Gestão Informada;
 
- Quando listar a relação de Gestões, posicionar o cursor na linha desejada e teclar PF2, será obtido o detalhamento desta Gestão;
 
- Informar o TERMO DO TÍTULO + ENTER, será obtida a relação das Gestões a partir da Gestão cujo título inicie com o termo informado; e
 
- Informar o TERMO DO TÍTULO + PF6, será obtida a relação das Gestões que possuem o termo informado, em qualquer posição do título.
 
 
6.1.7 - Transação CONRAZAO - CONSULTA RAZÃO POR CONTA CONTÁBIL
 
6.1.7.1 - FINALIDADE
 
Permitir detalhar uma conta contábil e contas correntes, bem como o demonstrativo sintético do Razão.
 
 
3 - MODELO E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO
 
(1) UNIDADE GESTORA                - informar o código da UG a pesquisar;
                                   - campo   numérico   de   6   posições, de
                                     preenchimento obrigatório;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONUG.
 
(2) GESTÃO                         - informar o código da Gestão a pesquisar;
                                   - campo   numérico   de   5   posições, de
                                     preenchimento obrigatório;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONORGEST.
 
(3) CONTA CONTÁBIL                 - informar o código da conta contábil a
                                     pesquisar;
 
                                   - campo   numérico   de   9   posições, de
                                     preenchimento obrigatório;
                                   - caso não tenha o código, consultar a
                                     transação CONCONTA.
 
(4) CONTA CORRENTE                 - informar   o código da conta corrente a
                                     pesquisar;
                                   - campo   numérico   de 50   posições, de
                                     preenchimento obrigatório se a   conta
                                     contábil exigir;
                                   - caso não tenha o código, teclar PF4, para
                                     obter a relação de contas correntes.
 
(5) MÊS                            - informar o mês que se deseja pesquisar;
                                   - campo alfanumérico de 3 posições   de
                                     preenchimento obrigatório nas opções de 1
                                     a 4 e não devendo constar, nas opções de
                                     5 a 7;
 
(6) DIA/MÊS INICIAL                - informar o dia/mês de origem da pesquisa;
                                   - campo alfanumérico  de 5 posições   de
                                     preenchimento obrigatório nas opções de 5
                                     a 7 e não devendo constar, nas opções de
                                     1 a 4, no formato DDMMM, sendo:
                                     DD - Dia;
                                     MMM - Mês.
 
(7) OPÇÃO                          - informar as opções de consulta;
                                   - campo numérico de uma posição, tendo para
                                     preenchimento, as seguintes opções:
                                     1 - CONTA DETALHADA, EXCLUINDO OS SALDOS
                                     ZERADOS;
                                     2 - CONTA DETALHADA, INCLUINDO OS SALDOS
                                     ZERADOS;
                                     3 - SALDO DA CONTA CONSOLIDADO;
                                     4 - CONTA COM SALDO INVERTIDO;
                                     5 - RAZÃO DA CONTA;
                                     6 - DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DA CONTA POR
                                     EVENTO;
                                     7 - DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DA CONTA POR
                                     DOCUMENTO;
 
(8) DIA/MÊS FINAL                  - informar o dia/mês final da pesquisa;
                                   - campo alfanumérico de 5 posições   de
                                     preenchimento opcional    nas opções de 5
                                     a 7 e não devendo constar, nas opções de
                                     1 a 4, no formato DDMMM, sendo:
                                     DD - Dia;
                                     MMM - Mês.
 
 
7 - CANCELAMENTO DE DOCUMENTOS
 
7.1 - O cancelamento de OB de transferência da Conta Única para Conta Movimento ou vice-versa será efetuado pela transação CANOB, no mesmo dia da emissão do documento.
 
7.1.1 – Caso a OB já esteja relacionada em uma RT deverá ocorrer previamente o cancelamento dessa relação, para em seguida ocorrer o cancelamento OB.
 
 
7.2 - TRANSAÇÃO DE CANCELAMENTO
 
7.2.1 - TRANSAÇÃO CANREL - CANCELA RELAÇÃO (RE)
 
7.2.1.1 - Permite o cancelamento de relação de OB impressa no mesmo dia de sua
emissão.
 
MODELO E INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
 
(1) - UNIDADE GESTORA - informar o código da UG.
                       - campo numérico de 6 posições.
                       - caso não tenha o código, consultar a transação
                         CONUG.
 
(2) - GESTÃO           - informar o código da Gestão.
                       - campo numérico de 5 posições.
                       - caso não tenha o código, consultar a transação
                         CONORGEST.
 
(3) - NÚMERO DA
      RELAÇÃO          - informar o número da relação da OB que se deseja
                         cancelar, no formato:
                         AA - campo numérico de 2 posições.
                         NN - nome do documento, com 2 posições alfabéticas.
                         XXXXX número seqüencial do documento, com 5 posições
                         numéricas.
7.2.2 - CANCELAMENTO DE OB - TRANSAÇÃO CANOB
 
7.2.2.1 - FINALIDADE
 
Permite o cancelamento de uma OB externa no dia de sua emissão.
 
7.2.2.2 - MODELO E INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
 
 
 
(1) - NÚMERO        - informar o número seqüencial da OB a ser cadastrada para
                      efetuar o cancelamento, caso não seja UG com numeração
                      automática.
                    - campo numérico de 5 posições.
(2) - UG/GESTÃO
      EMITENTE      - indica o código da UG/GESTÃO emitente do documento, no
                      formato:
                      UG - campo numérico de 6 posições.
                      GESTÃO - campo numérico de 5 posições.
 
(3) - NÚMERO DA OB - informar o número seqüencial da OB a ser cancelada.
                    - campo numérico de 5 posições.
 
(4) - OBSERVAÇÃO    - informar o motivo pelo qual a OB está sendo cancelada.
                    - campo alfanumérico de até 234 posições.
 
7.2.3 - CANCELAMENTO DE DARF - TRANSAÇÃO CANDARF
 
7.2.3.1 – FINALIDADE
 
 Permite o cancelamento de um DARF até o segundo dia útil seguinte a
sua emissão.
 
7.2.3.2 - MODELO E INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
 
 
(1) - NÚMERO         - informar o número do DARF, caso seja UG que não tenha
                       optado pela numeração automática.
                     - campo numérico de 5 posições.
 
(2) - UG/GESTÃO
      EMITENTE       - indica o código da UG/GESTÃO Emitente do documento, no
                       formato:
                       UG - campo numérico de 6 posições.
                       GESTÃO - campo numérico de 5 posições.
 
(3) - NÚMERO DO DARF - informar o número do DARF que se pretende cancelar.
                     - campo numérico de 5 posições.
 
(4) - OBSERVAÇÃO     - informar o   motivo pelo qual o DARF está   sendo
                       cancelado.
                     - campo alfanumérico de até 234 posições.
 
7.2.4 - CANCELAMENTO DE GPS - Transação CANGPS
 
7.2.4.1 – FINALIDADE
 
 Permitir o cancelamento de uma GPS emitida por uma UG/GESTÃO, até 2
dias após a sua emissão.
 
7.2.4.2 - MODELO E INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO
 
(1) - NÚMERO         - informar o número seqüencial do documento, caso se
                       tratar   de Órgãos que não optaram pela numeração
                       automática;
                     - campo numérico de 6 posições.
 
(2) - UG/GESTÃO
      EMITENTE       - informar o código da UG/GESTÃO Emitente do documento;
                     - campo numérico de 6 posições para UG e 5 para Gestão;
                     - caso não saiba os códigos, consultar, respectivamente,
                       as transações CONUG e CONGESTAO.
 
(3) - NÚMERO DA GPS - informar o número seqüencial da GPS que se pretende
                       cancelar;
                     - campo numérico de 6 posições.
 
(4) - OBSERVAÇÃO     - informar o motivo pelo qual a GPS está sendo cancelada;
                     - campo alfanumérico de até 234 posições.

 


Manual Siafi
Última modificação: 2018-11-09 18:10
Data do documento: 2008-09-10 12:11